Ao Vivo

Acessar

Ao Vivo

Ouça nossas rádios

SCALA FM

Programa Via Rápida Emprego forma novos auxiliares de cozinha em Santo André



Nesta quarta-feira (23) aconteceu a última aula do curso de Produção Alimentícia - Auxiliar de Cozinha na carreta itinerante do programa Via Rápida Emprego, em Santo André. As aulas tiveram início em 24 de fevereiro.

O programa é uma ação do Governo do Estado, realizada em parceria com a Prefeitura de Santo André, por meio da Escola de Ouro Andreense e da Secretaria de Desenvolvimento e Geração de Emprego, que tem como objetivo oferecer cursos gratuitos e de formação profissional para jovens e adultos em busca de melhores oportunidades de trabalho.

"Sempre é muito bom ver a carreta do Via Rápida aqui no Paço Municipal. É sinal de oportunidade para as pessoas que querem conseguir trabalho, ter uma vida melhor, por meio de qualificação de qualidade, sem nenhum custo. São cursos que levam conhecimento, geração de renda e dignidade para os munícipes, e isso é muito especial", destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.

Rita de Cássia Passareli, de 53 anos, é uma das munícipes que está em busca de melhores oportunidades de trabalho. Ela viu no curso a chance de começar a trabalhar no ramo de alimentação. "Eu gosto muito de cozinhar, sempre gostei, por isso optei por fazer colegial técnico em nutrição. Mas isso foi no ano de 2000, depois de formada nunca trabalhei na área. Fiz outros trabalhos, mas agora quero um emprego na área da alimentação e acredito que o curso vai mostrar meu esforço, meu interesse e minha preocupação com atualização. Acho que vai ficar mais fácil conseguir emprego", disse Rita.

Aos 19 anos, Giovana Gomes acredita que o curso a ajudará a conseguir seu primeiro trabalho, oportunidade que pode ser o passo inicial de uma carreira na área da gastronomia. "Eu sempre gostei muito de cozinha e sempre procurei por cursos, mas devido ao alto custo acabei deixando de lado. Fiz o colegial técnico em mecatrônica, mas está difícil conseguir emprego. Muitas colocações pedem experiência. Até que apareceu esta oportunidade, que é gratuita e eu me inscrevi. Acredito que vou ter mais chance de conseguir um emprego e ainda poder ingressar em uma área que eu gosto muito e seguir carreira", contou.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento e Geração de Emprego, Evandro Banzato, o curso de Auxiliar de Cozinha vem de encontro com uma das principais demandas geradas na cidade nos últimos anos. "Santo André tem se destacado como um grande polo gastronômico do ABC. Temos tido bastante contratação para a área devido ao grande número de aberturas de restaurantes e bares. Esta qualificação é fundamental e temos muito orgulho do projeto", disse o secretário.

O curso teve duração de 80 horas/aula distribuídas por 16 dias úteis. Na atividade, os alunos foram capacitados para atuar como auxiliar nos serviços de alimentação, ajudando outros profissionais da área no preparo e processamento de alimentos e na montagem de pratos. "Adorei o curso porque a gente põe mesmo a mão na massa. Tem muita prática, treina corte clássicos de alimentos, vai para o fogão. Todo mundo faz tudo", disse Rita.

O programa Via Rápida Emprego concede ainda uma bolsa auxílio de até R$ 210, se o aluno estiver dentro dos critérios de elegibilidade descritos no site do Via Rápida, como ter mais de 75% de frequência no curso, ser maior de 16 anos, alfabetizado, domiciliado no Estado de São Paulo e desempregado. A ideia é garantir a oportunidade de permanecer e concluir o curso. Este foi o primeiro curso da carreta móvel do Via Rápida Emprego em Santo André neste ano e formou 20 pessoas.

| Texto: Paola Zanei
apmzanei@santoandre.sp.gov.br
| Fotos: Alex Cavanha/PSA




VEJA TAMBÉM



SCALA FM  |   29/03/2022 06h33