Ao Vivo

Acessar

Ao Vivo

Ouça nossas rádios

SCALA FM

Moeda Pet arrecada 383 quilos de garrafas plásticas no Parque Central
Próxima edição acontecerá no dia 9 de abril, em ação especial no Parque Regional da Criança - Palhaço Estremilique



A Prefeitura de Santo André realizou neste sábado (26), no Parque José Cicote - Central, mais uma edição do Moeda Pet e arrecadou 383 quilos de garrafas plásticas. O programa inovador na região do ABC troca um quilo de garrafas PET por um quilo de ração para cães ou gatos.

A próxima edição será especial, também em sistema drive-thru, no dia 9 de abril, das 9h às 13h, no Parque Regional da Criança - Palhaço Estremilique. A ação faz parte das comemorações pelos 469 anos de Santo André.

"A cada edição vemos a participação efetiva dos andreenses numa ação voltada não apenas para a causa animal. O programa conta também com o foco ambiental e social, tirando as embalagens plásticas do ambiente e destinando para a reciclagem e com isso gerando renda para nossa gente", destacou a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Ana Carolina Barreto Serra.
 
Cada quilo de garrafas plásticas equivale a 20 garrafas de dois litros ou 26 de um litro. O material é trocado por um quilo de ração. Quem participa pode levar até três quilos por CPF presencial de ração para casa ou pode fazer a doação no local, para que seja destinada às ONGs cadastradas.
 
"O material reciclável arrecadado com o Moeda Pet é remetido para as cooperativas localizadas no Aterro Municipal de Santo André e vendido, beneficiando as famílias cooperadas, promovendo a reciclagem, geração de renda, além do ganho ambiental e social", explica o secretário de Meio Ambiente, Fabio Picarelli.
 
O programa é uma ação do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Santo André, com apoio do Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente, e conta com a parceria da farmácia de manipulação veterinária Farma Bichos e do Dr. Vet Hospital Veterinário. A iniciativa também tem o apoio do Departamento de Vigilância à Saúde, do Banco de Rações e do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André).

Texto: Daniel Betega




VEJA TAMBÉM